Inicio Events Interferência do freio lingual na amamentação: abordagem terapêutica
Teresa Vale

Fecha

Jun 09 2022
Finalizdo!

Hora

8:00 AM - 6:00 PM

Interferência do freio lingual na amamentação: abordagem terapêutica

A anquiloglossia é uma doença congénita caracterizada por um freio lingual anormalmente curto, que pode restringir a mobilidade da língua. A limitação na mobilidade lingual em neonatos pode causar alterações na amamentação: dor, mamilos gretados ou mastite da mãe, ganho de peso do recém-nascido baixo, e período de tempo excessivamente longo para amamentar. O impacto positivo que a amamentação tem sobre o futuro da criança está bem comprovado. Com avaliações apropriadas, intervenções e apoio, a anquiloglossia não será uma barreira para uma amamentação eficaz. Com base na avaliação qualitativa da amamentação, a quantidade de problemas relatados relacionados com a técnica ou a eficácia da amamentação é reduzida após a frenectomia lingual. No geral, há evidências de que a frenectomia lingual é um procedimento seguro com demonstração de benefício para a eficácia da amamentação a curto prazo, conforme percebido pela mãe.


Médica Dentista IUCS, Doutorada UB, Especialista em Odontopediatria. Professora Auxiliar IUCS, Portugal. Coordenação Científica e Pedagógica dos Cursos de Pós-Graduação em Clínica Integrada Odontopediátrica e Pós-Graduação em Ortodontia Intercetiva Odontopediátrica, IUCS. Membro SEOP, SPOP, SPP, SPALO